fevereiro 13, 2015

Padrões de beleza



"Que me perdoem as feias, mas beleza é fundamental", disse um dia, Vinícius de Moraes. 

Mas vamos parar para pensar um pouco: afinal, o que é belo? É aquilo que eu digo que é bonito? É o que pensas sobre o belo e a perfeição? Quem é que determina os padrões e conceitos sobre o que é feio ou bonito? É realmente bem complicado definir tudo isso.

A beleza, obviamente, é relativa: o que eu acho bonito pode não se encaixar na perspectiva de outros. O que era belo ontem, pode não se encaixar nos padrões de beleza nos dias de hoje. E creio que é exactamente isso que aconteceu com as mulheres ao longo de milhares de anos, independentemente das roupas que na época se usavam. Os corpos esculturais eram (também) muito diferentes dos padrões hoje exigidos.

Recapitulando direi: A mulher pode ser bonita e não estar dentro dos padrões de beleza ditados pela moda ou por estilistas, a mulher pode ser bonita mesmo estando acima do peso. O ponto importante na beleza feminina é fundamentalmente a sua auto-estima. A mulher tem que gostar de si própria, só assim conseguirá transmitir ao mundo exterior... alguma beleza.

12 comentários:

  1. O que adianta a mulher ser linda por fora e ser feia por dentro?Acho que as mulheres devem sim se cuidar independente de sua aparência...

    ResponderEliminar
  2. 0 importante é a opinião do meu filhão!

    ResponderEliminar
  3. Diz-se que a beleza está nos olhos de quem vê... mas o que cada um vê é muito diferente. O mais importante é quando uma mulher se sente bonita...aí não há quem consiga vê-la de outra forma. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo, Jota. Sentir-se bonita na sua pele é o principal. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Concordo contigo, Jota. Sentir-se bonita na sua pele é o principal. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Jotinha querido, quando eu era mais jovem queria ser assim, ser assado.... bobagem, Hoje na maturidade sei que o importante é se gostar e se cuidar (pq mulher tem que ter vaidade) independente de ser magra, gorda, alta baixa. Valorizar o que tem de melhor, pq uma carinha linda, um corpinho de violação não é tudo. Eu sei que não sou linda mas sei que tenho meus encantos, charme e exploro isso e uso quando quero e com quem quero, Gostei da postagem. Um xero querido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem dissertado, amiga ! ( P'ra ninguém botar defeito, rs )

      Eliminar
  7. Há lá coisa mais relativa que a beleza?

    Talvez haja...o amor, quiçá.

    Mas, como o tema é a beleza...vejamos...

    Os conceitos, os ideais do belo variam com épocas, costumes, modas e até com o clima.

    Tudo o que está relacionado com o pensamento envolve subjetividade e aí não há nada a fazer.

    Agora e colocando a relatividade da coisa de parte, a verdade é que há 'beleza' muito consensual.

    Não percebeste?
    Vou tentar explicar!

    De acordo com o momento, a coisa em si e os valores duma sociedade ou comunidade, por vezes há beleza vista por (quase) todos.
    Seja na mulher, no homem, nos gestos, na arte.

    Há coisas, pessoas, animais, sentimentos, sentires belos e de que forma!

    A beleza feminina reúne os tais consensos e basta sentares-te numa esplanada e observares os observadores, eles dir-te-ão quais as mais belas.
    (ai, ai , os homens são -quase- todos iguais).

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Analisando filosoficamente a tua explanação, eu diria que, compreendi-te duplamente.

      Quanto aos homens serem quase todos iguais... digamos que uns são mais iguais que outros. Vá-se lá saber porquê. :)

      Eliminar
    2. A bem da verdade, é que são todos diferentes e ainda bem por isso.

      Talvez seja filosófica, talvez.

      Creio que o meu pensamento corre tão depressa que as palavras não o conseguem apanhar e depois dá nisto: não consigo opinar de forma explicita.
      As minhas desculpas.

      O que me vale é seres uma pessoa inteligente e paciente em decifrares o meu 'linguajar'.

      Beijos

      Eliminar

█████████████████████████████████

彡 LICENCIATURA DO JOTA EM SEXOLOGIA ...

► na HISTÓRIA DA ‘QUECA’ PORTUGUESA
► no FELÁCIO DOS AUSTRALOPITHECUS
► na PATOLOGIA DA ÁREA DO PONTO G
► no CUNNILINGUS CONTEMPORÂNEO
► no PRAGMATISMO DA ‘CANZANA’
► e na MORFOLOGIA DO PÉNIS

█████████████████████████████████