março 01, 2012

A Obsessão do Homem

.
.O TAMANHO DO PÉNIS
.
Dizem as mulheres, com alguma sapiência, que nós homens nos preocupamos mais com o tamanho do pénis, do que, como saber usá-lo devidamente e com alguma mestria. É um facto !

Contudo, o Jota questiona porque é que os homens têm demasiado interesse no tamanho do seu próprio 'pinto' ? Na verdade, acho que duas mulheres apenas com língua e dedo conseguem melhores noites de sexo, quiçá, melhores perfomances, do que qualquer parceiro pode proporcionar.
.Não será, pergunto eu, melhor olhar e tentar perceber o que dá prazer à respectiva parceira?.
Penso que o tamanho do pénis interessa tanto como o sexo dos anjos, a não ser para 'entrar' em concursos de masculinidade, vociferando: [... 'a minha' é maior que 'a tua' ...], e por aí ! .

O Jota tem a lucidez de pensar que no sexo basta haver amor, entrega, desejo e aí tudo acontece, independentemente do tamanho do " pintão vs pintinho! " Eu diria para finalizar, não é a 'pila' que define o homem, é o homem que define a 'pila', certo?

NOTA do JOTA: [actualização em 03-03-2012]
Um comentário inserido à posteriori (vidé cx. de comentários), é referido o desconhecimento do termo 'pila' que atribuí ao órgão sexual masculino. Aproveito então p'ra deixar aqui outros sinónimos de 'calão', usados na 'nossa praça'.

[ pincel; piça; piço; cacete; pau; pinto; badalo; piroca; pirilau; picha; pichota; mangalho; pipi; ganso; tora; membro; verga; falo ]
.
⎝⏠⏝⏠⎠

55 comentários:

  1. "no sexo basta haver amor, entrega, desejo e aí tudo acontece"
    Concordo em parte... Se é sexo, só sexo e não há amor, às vezes o desejo e a entrega não bastam... Não digo que quanto maior melhor, mas há um certo tamanho que nos preenche melhor que outros... por vezes parece-me até que é mais importante o diâmetro que o comprimento...
    Mas se há amor, Oh, que se lixe o tamanho ou o tamanhinho...

    ResponderEliminar
  2. Concordo com Venúsia, o diâmetro é mais importante que o comprimento, mas que um pau grande impressiona isto impressiona, e muito. Mas não saber usar o instrumento que tem, é o pior que há.

    ResponderEliminar
  3. Mais uma defensora do diâmetro mas ,muito, muito mais da perfomance...
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Olá,

    muitos parabéns pelo BLOG.

    Aproveito para convidar tod@s a visitarem o meu BLOG onde tenho um artigo em que esclareço, algumas coisas, precisamente sobre isto...

    http://terapiassexuais.blogspot.com/2012/02/mitos-os-dotados-dao-mais-prazer.html

    Espero a vossa visita e comentários.

    Beijos e abraços,

    Fernando Mesquita
    Psicologo e Sexologo Clinico

    ResponderEliminar
  5. Sim eu gostei muito do post e andei a verificar no blog se havia proibição de copiar ou não, como vi que não, copiei e ia pôr o link para este blog, mas depois vi a caixa com o html mesmo feita para esses propósitos e editei devidamente a mensagem!
    Sempre que faço cópias de algum assunto que gosto, ponho sempre a fonte donde retirei com o link para lá. Gosto que o façam comigo e faço o mesmo com os outros. :) *

    ResponderEliminar
  6. Jota Ene, obrigada pela amavel visita.

    Não fique "desapontada" pelo que disse, nem a minha! A minha geração foi de mães modernamente caretas! A minha nada disse, me deu um livro tão chato e tão vazio que me criou um "trauma" kkkkk... nunca esqueci nem da cor da capa! Verdona!!!!


    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Que casualidade! Ontem tive uma conversa sobre esta questão, ou seja "o tamanho importa?" Chegámos aproximadamente às mesmas conclusões...
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  8. Olha, se realmente pensas assim, és um grande homem. Tenho dito.

    ResponderEliminar
  9. KIM III:

    Não é uma questão de ser um grande ou um pequeno homem, é tão sòmente a realidade dos factos, certo?

    ResponderEliminar
  10. Jotinha, meu queridão, a sensação de preenchimento, sem dúvida é algo que conta, mas efetivamente o que mais importa na hora H, sem dúvida é o borogodó.
    Bj grande

    ResponderEliminar
  11. O Jota mandou muito bem no texto, em especial na frase final: não é a pila que define o homem, é o homem que define a 'pila'(não conhecia esse termo).

    Manda um beijo pro Jota.
    Boa noite!

    ResponderEliminar
  12. Todas as semanas tenho um tema em debate num forum no meu blog (http://er0tika69.blogspot.com)
    Este foi o tema da semana passada, size matters?
    A conclusão e retirar é que a performance é essencial e o tamanho ideal será entre os 15/16cm.
    Concordam?
    Ana

    ResponderEliminar
  13. Sou um frustrado "penialmente" mas antes ter pinto pequeno que ter ejaculação precoce.

    ResponderEliminar
  14. na verdade tem mulheres q se impoortam sim ja conhci algumas
    mas mt bom o texto

    sempre bom estar por aqui

    ResponderEliminar
  15. O tamanho pouco importa! Ué.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  16. .

    .

    . aposto que o meu "pincel; piça; piço; cacete; pau; pinto; badalo; piroca; pirilau; picha; pichota; mangalho; pipi; ganso; tora; membro; verga; falo" . é maior do que o teu . :))) .

    .

    . ou . como se diz por aqui . "ganda nabo" . :))) .

    .

    . grande abraço .

    .

    .

    ResponderEliminar
  17. Oi Querido!

    Eu nunca me importei com o tamanho da "pila" rsrs. Sempre me importei se o cara sabia usa-la ou não isso sim. O que importa é o prazer que a pessoa proporciona não apenas com a "pila" mas o conjunto todo :)

    Miaubeijos com carinho =^.^=

    ResponderEliminar
  18. Jota, tenho sérias dúvidas a respeito da sua citação...
    "acho que duas mulheres apenas com língua e dedo conseguem melhores noites de sexo, quiçá, melhores perfomances, do que qualquer parceiro pode proporcionar."

    Acho que nada substitui a sensação masculina, pois há uma série de fatores que, combinados, proporcionam a satisfação. E isso independe do tamanho do órgão, creio eu... O que conta são as sensações todas que só um homem consegue proporcionar a uma mulher (e vice-versa).

    ResponderEliminar
  19. PUBLISHER ARIANA:

    Querida Luciana, tu és uma 'expert' nestas matérias e por vezes é bem complicado e dificil (rs) usar o contraditório aos teus comentários.

    Enfim, alguma razão te assiste, não duvido, mas se abordares mulheres com orientações bisexuais, creio que as mesmas serão diametralmente opostas às tuas ideias, p'lo menos no tocante ao lesbianismo.

    ResponderEliminar
  20. Ah, sem dúvida, Jota, que pessoas que diferem do nosso comportamento dirão o oposto do que afirmei. É que pra mim soa muuuuito estranho isso, hahaha. Não conseguiria entender, mesmo que me afirmassem categoricamente que é possível se obter sensações iguais ou até melhores no que tange esse "assunto', rs.

    ResponderEliminar
  21. O tamanho do pénis interessa tanto como a largura de uma vagina.

    A sociedade exerce uma pressão muito forte no homem quanto à sua performance e tamanho, quando o que interessa mesmo num casal é a compatibilidade anatomica, alguma sensibilidade e carinho, não adianta o homem ter um pénis grande e grosso, se a mulher é demasiado estreita e a penetração é dolorosa, e também há o inverso o pinto fino e a mulher com vagina mais elastica e neste caso o homem também não terá o seu prazer, tudo é relativo, cada casal tera de encontrar as soluções de adaptação para se realizarem sexualmente, nada que um bom dialogo não resolva.

    E quanto a dizeres que duas mulheres com lingua e dedos têm mais prazer que com os parceiros, quais parceiros? se elas tem mais prazer só entre elas só podem ser lesbicas e dispensam homens e depois atenção as lesbicas não são seres superiores e donos da perfeição, assim como há casais heteros que têm dificuldades de adaptação sexual os homos também têm as suas dificuldades, é tudo uma questão de sorte ( e algum trabalho) ter um parceiro à nossa altura, dar prazer é uma aprendizagem constante

    ResponderEliminar
  22. FELINA:

    Interessante o teu ponto de vista.

    Reportando-me ao teu 1º parágrafo, eu diria que, o diâmetro do pénis é que 'faz' a largura da vagina, certo?

    Quanto à compatibilidade anatómica, a minha cara-metade tem mais 30 cm (de altura) que eu. Vês viabilidade nessa relação?

    ResponderEliminar
  23. Muito bem...havendo amor...tudo o retso acontece.
    Tamanho...tamanhinho...que é isso? Há lá coisa melhor que dois seres em sintonia se amando?

    ResponderEliminar
  24. Jota

    Viabilidade com 30 cm a menos de altura? claro que sim... usa a criatividade... para sexo em pé posso já te dar uma dica... usa duas listas telefónicas... uma em cima da outra e chegas lá...

    ResponderEliminar
  25. Acho que não adianta ter pênis grande e grosso se não tem amor na hora da relação.

    Beijo grande

    Retribuindo a visita que me fez...
    gostei daqui e pretendo voltar ^^

    ResponderEliminar
  26. Faz tempo que não leio as suas divagações acerca da PILA mas parece-me encantadora esta....é facto que a PILA DOMINA quando um amago de coisas se juntam a ela...se for só pila, dedos e lingua é de longe mais seguro e dá menos trabalho...mas que seria de nós sem poder sentir a "cena" na essência! Gosto de te ler J!!!!

    ResponderEliminar
  27. o tamanho não importa se souber usar...na verdade até importa, sim. Prefiro um tamanho medio (normal) a pilas enormes de vinte e tantos centímetros porque certas posições ao invés de ser prazeroso, dói! Meu ex marido tem 23 cm, evitava dar de 4 ou cavalgar com muita força porque doía, sem contar as visitas à genecologista que sempre dizia que o colo do útero estava machucado...

    dizem que mulheres adoram competir umas com as outras...os homens também...é assim que eles competem entre sí, pelo tamanho de seus ....

    ResponderEliminar
  28. Acho que as mulheres dão importância ao pénis se for uma relação puramente sexual. De resto é importante, mas não me parece que seja a prioridade de reflexão.
    De qualquer das formas, os portugueses aparecem sempre bem cotados nas sondagens mundiais ;)

    ResponderEliminar
  29. Concordo com o teu quinto paragrafo. Não interessa o tamanho mas sim o desempenho. Há mil e uma maneiras de satisfazer uma mulher e sem sequer olhar a tamanhos ;)

    ResponderEliminar
  30. Curiosamente há tramas engraçadas sobre o tamanho do pénis.
    Um amigo pergunta a outro: que é mais importante no sexo, um homem de pila grande ou um homem de pila pequena com muita técnica?
    O outro responde ser preferível a segunda hipótese, ao que o amigo observa: mais um tecnocrata de pila pequena!

    O homem cresceu na ideia de falo gigante é simbolo de masculinidade, virilidade, poder, ser garanhão de cobertura, prazer feminino e fecundidade.

    Só as mulheres podem testemunhar sobre isso´e para mim é uma não questão.

    Mas de facto a única coisa pequena que cada homem gosta de admitir ter mais pequena do que o outro é o telemóvel!

    Excelente post de inegável atualidade.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  31. O tamanho nada garante o bom desempenho, o amor, a entrega, a cumplicidade, o conhecer os caminhos que levam o outro ao prazer...isso sim é importante, é o que conta na hora "H".
    Homem se liga muito mais nisso, nós mulheres queremos a performance, e as vezes "picas" grandes deixam a desejar enquanto "picas" pequenas fazem verdadeiras maestrias.
    O observar o outro leva a sensações cada vez melhores e prazerosas nas relações, se atentarmos mais aos caminhos do prazer do parceiro ou parceira...será o céu.

    Beijos suculentos!

    ResponderEliminar
  32. é difícil fz com q o homem tire isso da cabeça, acho q as mulheres tb, é instintivo, porém nao é a coisa mais indispensável do mundo, saber fz é o que há.

    ResponderEliminar
  33. Gostei de ler este debate de ideias!

    1 bj e 1 bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  34. sexo dos anjos? uhummm.
    por mim, enquanto houver lingua e dedo...

    abraço

    ResponderEliminar
  35. Na fome a gente come o que está na mesa.

    ResponderEliminar
  36. Oi gostei muito do teu blog,inspirador gostei tanto que resolvi ficar estou a te seguir, sempre estarei por aqui a te lêr seu espaço me trás energias muito positivas bjos de bom domingo!

    Deixo a ti o link do meu blog fique a vontade se gostar fique por lá bjão!
    http://julikotona.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  37. Amigo Jota,


    Eu achei seu texto e percepções muito bem elaboradas.


    Beijos com carinho.

    ResponderEliminar
  38. Este ano estou a dar aulas de educação sexual a turmas do 8º ao 12º e dou-lhes a oportunidade de colocarem questões por escrito de forma anónima. Muitas dessas perguntas prendem-se precisamente com o tamanho do pénis.
    Trata-se de facto mais de uma questão de percepção da própria masculinidade do que de desempenho. Na verdade, a vagina tem uma elevadíssima capacidade de se moldar ao tamanho do pénis. Além do mais os homens e principalmente os adolescentes tem tendência a comparar os tamanhos dos seus pénis com os do grupo de pares por exemplo nos balneários mas esquecem-se que um pénis aparentemente pequeno pode ficar grande quando erecto e um pénis aparentemente grande pode não aumentar muito de tamanho quando erecto.
    Abraços

    ResponderEliminar
  39. Estive a ler alguns comentários e queria fazer uma ressalva. Não se deve dizer "lesbianismo" ou "homossexualismo". São termos que foram utilizados no passado de forma a categorizar a homossexualidade como uma doença e actualmente não têm validade cientifica.
    Abraços

    ResponderEliminar
  40. ψ PSIMENTO ψ

    É certo e sabido que a homossexualidade (H e M) nunca foi uma doença, este é o meu parecer e é isso que tento passar nos textos que apresento.

    Agora há que salientar o seguinte: esse grupo de pessoas que têm outras orientações sexuais que não as dos 'hetero', principalmente as mulheres, quando assumidas, julgo que se definem assim sem haver o perigo do preconceito que a mesma palavra encerra.

    Senão vejamos os eventos que existem por esse mundo fora em que registo apenas dois sendo utilizado frequentemente esses termos:

    Festival de Cinema Gay e Lésbico e...

    Parada Gay aberto a gays, lésbicas, bi, trans e até heteros descomplexados. :P

    É pertinente a tua observação, mas quem se importa mesmo se tem ou não validade científica?

    ResponderEliminar
  41. Ehehhe eu se calhar expressei-me mal :)
    Não é a palavra Lésbica que não deve ser utilizada. É a terminação "ismo" como por exemplo em "Lesbianismo". Terminar a palavra com um "ismo" no final era a forma que se dizia antes de 1974 quando a homossexualidade masculina e feminina era considerada uma doença do foro psicológico.
    Abraços

    ResponderEliminar
  42. ψ PSIMENTO ψ

    Sim amigo, o sufixo ISMO pressupõe ou estará associado a uma doença e não é isso que se trata, na palavra 'homossexualidade' esse é o termo correcto e não 'homossexualismo'

    Nesta parte, estamos entendidos... eheh

    ResponderEliminar
  43. Ora viva e parabéns pelo blog. Obrigado pela visita e pelo comment, o 1º (e único) que tenho!!:)
    Acho que está tudo dito em relação aos tamanhos e afins, mas, houve uma pequena falha que me "saltou à vista" - Nos sinónimos de pénis falta o tão usual e comum "caralho".

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  44. UM GAJO SEM RUMO:

    Efectivamente assim é, faltou-me esse termo tão usual na comunidade masculina. :)

    ResponderEliminar
  45. JOTINHA, mas lá falar a sério.

    Com amor: o tamanho não interessa.

    Sem amor: o tamanho interessa.

    Passo a explicar, - apenas li o 1º comentário - quando existe amor, existe cumplicidade, intimidade, todos os ingredientes para que o homem saiba como excitar e dar à mulher um orgasmo.

    Quando não existe amor e que me desculpem as mulheres que dizem que nunca sairam à noite mais do que uma vez e acabaram numa one night stand, são mentirosas. Uma parcela muito pequena pode ser verdadeira ao afirmar; NUNCA. Mas a maioria das mulheres já o fizeram e é aqui que quero chegar.

    Tive um dia uma conversa com a minha melhor amiga após uma noite de sexo que esta teve e às tantas ela diz: O tamanho não interessa uma porra! Ele penetrou-me e eu às tantas não sentia se ele estava dentro de mim ou não! A vagina da mulher é diferente de mulher para mulher, existem pénis que a prenchem por completo e outros nem por isso, o diâmetro é importante neste aspecto.

    Para finalizar: O TAMANHO NÃO INTERESSA?

    MINHAS SENHORAS, e aqueles pénis que são tão grandes e grossos que fazem doer!

    O Tamanho não interessa? PLZ falêmos a sério. Olhem , eu dispenso esses tamanhos.


    Beijinhos Jotazinho

    ResponderEliminar
  46. ALIEN DAVID SOUSA:

    Recupero a 1ª parte do teu comentário:

    Com amor: o tamanho não interessa.
    Sem amor: o tamanho interessa.


    Concordo em gênero, número e grau com o comentário que apresentas.

    E mais Alienzinha, sabendo como se sabe que o prazer sexual nas terminações nervosas da mulher prolonga-se até 12 centímetros da vagina, porque razão algumas mulheres hipervalorizam um pénis de grandes proporções? Ou será esta pseudo-preferência apenas um mito urbano masculino? diz-me a experiência que os mais fantásticos orgasmos femininos são clitorianos, até um eunuco sabiamente treinado, pode proporciona-los.

    Sabe-se também que existe no universo masculino 'exemplares' que não evoluíram para além da 'rapidinha', sem preliminares e sem qualquer preocupação pelo prazer da parceira, independentemente dos atributos que lhes foram 'confiados'

    Em resumo, penso que a opinião da ala feminina para os sobredotados é que (independentemente de serem ou não competentes no uso do previlégio que a natureza lhes concedeu) preferem racionalmente os espécimens menos exuberantes, porém mais capazes de lhes 'levar às estrelas' ... rs

    ResponderEliminar
  47. Muitas mulheres me disseram que preferem um homem que pode satify-los,
    em seguida, um pau grande
    Mas, grande pênis eram mais divertido demais jogar com ...

    ResponderEliminar
  48. Jotinha, concordo contigo e deixa-me sublinhar uma parte do teu comentário. o "Tamanho" é de certa forma um mito urbano, como mencionei um pénis enorme faz doer, não é nada agradável. Quanto ao resto não me vou repetir ;)Mas cada vagina é uma vagina, cada mulher uma mulher. Como mencionei o caso da minha amiga :D
    Beijinhos J.

    ResponderEliminar
  49. Podia dizer que tamanho não interessa e mentiria, mas pela experiência que tenho, e não é assim muita, o tamanho conta quando não existe sentimento, porque qualquer tipo de relacionamento para ser satisfazer a 100% tem de exercitar não só os músculos do corpo mas também do cérebro, porque os homens esquecem com frequência que as mulheres são muito mais emoção.


    Quanto à grossura, comprimento... isso é caso para dizer que os homens não se medem aos palmos, e para cada buraco um tamanho... também não somos todas iguais!





    Beijo

    ResponderEliminar
  50. Sim o tamanho interessa e sim a espessura é mais importante que o comprimento.

    E sim com amor o tamanho nao interessa para nada, da mesma forma que com amor o outro pode ser maneta, coxo, ter 3 mamilos e não saber quantos continentes existem

    porque com amor tudo é possivel, o amor é cego e a vagina tambem.

    2w

    ResponderEliminar
  51. É verdade o homem é que define a pila e não o contrário. Podes ter algo grande e grosso e não saberes dar prazer a mulher, por vezes podes ter algo pequeno mas que faz as mulheres irem aos céus.


    Devo dizer que fiquei fã do teu blog, e acredito que vou passar muito tempo por aqui. Obrigado por estares a seguir o meu blog.

    Beijos Cryslove

    ResponderEliminar
  52. porque você nao terminou o seu texto com a seguinte pergunta... Porque os homens adoram quando dizemos (mentimos) descaradamente que eles tem um penis grande, quando nao tem? rsrsrs

    E esse negócio de tamanho... É verdade que nao é documento, existe tantos grandalhoes boboes e tantos pequenininhos fodoes... Entao o tamanho nao é um fator tão relevante o que importa é o diametro... Do que adianta ser grande e fino? kkk fica a dica!

    ResponderEliminar
  53. Alguem afirmou em cima que preferia uma 'pila' pequena a uma ejaculação precoce.

    Ora...seja quem for está preocupado demais.

    Eu tive sexo com algumas mulheres em que só me aguentei dez minutos.

    No entanto todas elas disseram que foram os melhores dez minutos da vida delas!

    ResponderEliminar
  54. ....realmente, nem imaginas coomo tens razão...não é o tamanho do pénis que interessa se até um dedo ou uma lingua são capazes de satisfazer uma mulher (ou homem -by the way)...mas nada é insubtituivel gente....vamos lá a ser sinceras(os)....HÁ COISAS INSUBSTITUIVEIS, CERTO?
    IC (a que chama as coisas pelos nomes)

    ResponderEliminar
  55. Para ser um bocadinho mauzinho eu perguntaria mas quantas mulheres já "conheceram" um verdadeiro pénis grande? Tendo em conta que nos estudos científicos já efetuados menos de 1% (um por cento) dos homens possuem um pénis com mais de 18 cm, não é assim tão fácil encontrar um... e assim posso presumir que na verdade a grande maioria das mulheres no máximo só "esteve" com pénis dentro da média padrão e por isso não sabe verdadeiramente o que é sentir um avantajado.
    De resto claro que o jeito é o que conta mais, mas não sei se as mulheres já perceberam que muitas das suas (mulheres) posições favoritas são não passíveis de concretizar sem ser com pénis efetivamente acima da média... isto são só algumas questões pertinentes. E claro que tal como uma mulher com peito pequeno não deve ser "descriminada eróticamente" devido a isso também o mesmo se deve verificar com os homens menos dotados, mas a teoria é uma coisa a prática outra. Não há dúvida que a natureza é muitas vezes injusta. Algúem tem dúvidas que os homens mais altos teem mais probabilidades de seduzir uma mulher, mesmo que esta seja de baixa estatura? ;-)

    ResponderEliminar

█████████████████████████████████

彡 LICENCIATURA DO JOTA EM SEXOLOGIA ...

► na HISTÓRIA DA ‘QUECA’ PORTUGUESA
► no FELÁCIO DOS AUSTRALOPITHECUS
► na PATOLOGIA DA ÁREA DO PONTO G
► no CUNNILINGUS CONTEMPORÂNEO
► no PRAGMATISMO DA ‘CANZANA’
► e na MORFOLOGIA DO PÉNIS

█████████████████████████████████