dezembro 06, 2009

Os acompanhantes

.
Elas pagam para ter sexo!
Porque é que elas os procuram?
Sentem-se atraídas por variados factores.

ѼѼѼ

Estes são os itens mais invocados.

  • Contratação simples e prática.
    ·
  • Não há equívocos nas expectativas.
    ·
  • Não há risco de o homem se preocupar apenas com o próprio prazer.
    ·
  • O profissional está a prestar um serviço, que é satisfazer a cliente.
    ·
  • A sensação de poder, por pagar para ser servida sexualmente.
    ·
  • A adrenalina do segredo e da transgressão.
    ·
  • O entusiasmo do primeiro encontro.
    ·
  • A excitação de ter sexo com um desconhecido.
    ·
  • Satisfação de desejos e fantasias que não são preenchidas pelos companheiros.

NOTA do AUTOR (Jota): Obviamente, entendo que as razões que levam as mulheres a pagar por sexo é a facilidade, o não compromisso e não desperdiçar tempo com protocolos.

E você… já se sentiu atraída para usufruir destes serviços?

Cada mulher pode remeter-se ao anonimato que entender, mas seria de todo interessante saber se já pagou para ter sexo ou se pensa um dia recorrer a esses préstimos?

45 comentários:

  1. Jota,

    Grande ideia que me deu.

    Acho mesmo que vou recorrer a esses serviços, assim sem compromissos, sem sentimentos, somente puro prazer.


    Beijo

    PS: Tem agum contacto?

    ResponderEliminar
  2. JOTA!
    interessante tal post..
    nunca fiz tal coisa.. mas confesso que esta ideia sempre me agradou!!!

    espero um dia.. concretizá-la!

    beijos beijos.

    lua de Hägar

    =^.^=

    ResponderEliminar
  3. Não posso afirmar nada nunca paguei nem recebi pra fazer sexo.

    Tambem nunca me passou pela cabeça fazer algo do genero, mas quem sabe um dia eu precise, ninguem sabe o dia de amanha, por enquanto estou bem obrigada.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Querido amigo Jota,

    Nunca precisei deste serviço, e nem nunca apeteceu-em, mas confesso que bateu-me uma curiosidade. Só não sei se eu conseguiria porque imagino que deve ser artificial... mas tem coisas que só: experimentando ;)

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Tenho essa fantasia há décadas, mas é segredo ok? Háháháhá

    ResponderEliminar
  6. Nunca paguei para ter sexo.
    Não posso afirmar que desta água não beberei...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. esqueceuuuu de mim... ai ai mas é assim mesmo... huahauha bjo lindo... sdd viu!

    ResponderEliminar
  8. Uma amiga(infelizmente não a vejo mais)disse-me assim:

    -De uma forma ou de outra acabamos pagando... E é sempre um preço muito alto. Tem que se ter certeza absoluta do que quer e vai ser feito.
    Muita gente não percebe ou se esquece que "paredes teem ouvidos".

    Sabe Jota, pagar para ter prazer é uma pratica tão antiga quanto receber para dá-lo. Não digo que nunca beberei desta fonte mesmo porque a vida dá muitas voltas e nunca se sabe o dia de amanhã, como já se foi escrito. Mas se pousarmos bem o pensamento veremos que minha amiga não estava de todo errada... Sempre acabamos por pagar. De uma maneira ou outra!

    Um doce beijo meu amigo, em seu coração!

    ResponderEliminar
  9. ótimo post, nunca tive a necessidade, ou fantasia de pagar por tal serviço. Mas confesso que não condeno, acredito que diversos são os motivos que levam alguém a contratá-lo e não cabe a mim dizer algo. Partindo do princípio que ja a muito tempo homens adotam a prática de sair com profissionais do sexo, acredito que nós mulheres também podemos usar esse serviço quando não estivermos satisfeitas sexualmente. Isso é uma proposta individual de cada pessoa. Prefiro o sexo com sentimento, me sinto mais segura e acho mais prazeroso. Mas para aquelas que acham isso balela é um prato cheio o serviço citado disponível.
    Gostei do seu blog meus Parabéns.

    ResponderEliminar
  10. Eu nunca recorri a tal, não por falta de vontade ou por receio, mas porque nunca tal foi necessario.

    Já li varios artigos sobre acompanhentes, já conheci historias de quem se tornou acompanhante e não tenho nada contra.

    É algo que me fascina, não o facto de pagar para ter BOM SEXO, mas o facto de esse bom sexo vir acompanhado de muitas mais coisas.
    Normalmente são pessoas com escolariedade alta, com um bom nivel de conhecimento, capazes de manter uma boa conversa, de proporcionar uma excelente companhia.

    Para mulheres que optaram por levarem outro tipo de vida, por exemplo com grande sucesso no trabalho e com isso não conseguiram ter uma relação estavel, terem uma companhia assim, nem que tendo de pagar, é uma forma de descontrairem com algo que vale a pena.

    No fundo a verdade que como num comentario dito em cima, todos pagamos, mesmo que não seja em €, para termos sexo. Talves esta seja uma das formas mais correctas...

    Para já prefiro a que tenho optado... conhecer pessoas que mexem comigo e com isso divertir-me e ter prazer. Mas um dia, nem que seja por curiosidade, poderei experimental a companhia de um acompanhante.

    ResponderEliminar
  11. Nunca paguei por esse tipo de serviço.
    E nunca pensei em pagar.
    Mas conheci alguém que me ofereceu este tipo de serviço e quando eu disse que não pagaria,fez o serviço sem eu pagar!
    Valeu a pena!
    Acho que cada pessoa tem o seu motivo pessoal para pagar esse tipo de serviço,não tenho nada contra!
    Até hoje,eu não fiz isso!

    Adoro suas enquetes,sempre um tema interessante!
    Eu volto!
    Beijinhos e tenha uma linda noite,onde você estiver!

    ResponderEliminar
  12. até ao dia de hoje não.... nada que esteja fora do baralho assim à partida , mas de facto nunca o fiz , nunca paguei de nenhuma maneira para ter sexo

    bj
    teresa

    ResponderEliminar
  13. Nunca precisei recorrer a esses préstimos, mas não tenho preconceito não. Pelo contrário, já até pensei que seria interessante contratar alguém para uma brincadeirinha a três - só que meu marido não ía gostar nada da ideia (homens...).
    Mas o dia que ele não der mais conta do recado, não tenho dúvidas: sexo delivery. rs (quase uma ameaça, né?)

    Ah! vou levar seu banner. Só não hoje, pois tenho que redimencioná-lo antes - e estou tão sem tempo...

    beijo rouge querido Jota

    Dani

    ResponderEliminar
  14. Hey moçoo!! Obrigaadaa por visitar o variável independente!!!
    Obrigada pelo elogio...
    Lendo o seu post eu me lembrei de uma pesquisa que eu fiz para psicologia social... uma pesquisa de campo que fizemos com os garotos de programa... Nosso objetivo era chegar ás clientes que os procuravam, mas isso foi impossível.. o que conseguimos foram alguns dados sobre a prostuição masculina, e quase não tem pesquisas sobre isso...

    =**

    ResponderEliminar
  15. Desde que o menino em questão não f***sse a olhar para os seus próprios músculos e verdadeiramente se empenhasse... um dia porque não?


    Bjs...L

    ps- isto é algums estudo de mercado?

    ResponderEliminar
  16. Tah, eu sei que é uma postagem dedicada ás mulheres, mas é confesso que este é um fetiche de muitos homens também... inclusive o meu, num menage a troi, ai ai... hehehehe

    excelente postagem!

    ResponderEliminar
  17. Eu só estou a pensar utilizar esses serviços quando tiver perto dos 80 anos até lá espero que o meu charme continue a ser o suficiente para me darem prazer sem pagar, para mim sexo tem que ser uma troca de prazer eu dou e recebo logo as contas ficam automaticamente saldadas

    ResponderEliminar
  18. A adrenalina deve correr solta, nessas horas, às que pagam!

    até mais.

    Jota Cê

    ResponderEliminar
  19. Hum...eu nunca pagaria para ter sexo com alguém e nunca faria sexo com um desconhecido... pra mim, tem que haver envolvimento, sentimento e cumplicidade, senão não rola.

    Beijos! ;) Obrigada pela visita!

    ResponderEliminar
  20. Podem até ainda olhar esse assunto como um tabú.
    Algo que é vedado ao universo feminino...Mas...Sempre tem um mas...rs

    Acho louvável quem o faça; e por que não???rs


    Beijos!


    Adoro seus cheirinhos...rs

    ResponderEliminar
  21. Bem diria que deve ser pela mesma razão que os homens pagam não????!!! Por isso não percebi o porquê do post falando só das mulheres...será por vir de um homem?! ;)
    Quanto ao facto de se eu pagaria? bem subscrevo o que a missuniversoproprio disse...para mim tem de haver envolvimento sentimental ou não vale a pena!

    Beijo

    ResponderEliminar
  22. Creo que nunca pagaría por tener relaciones con un hombre pero no pienso criticar a la que quiera hacerlo. Las mujeres tenemos el mismo derecho de los hombres, por lo tanto...libres somos.

    Beijos

    ResponderEliminar
  23. Uma coisa preciso concordar, não há equívocos nasexpectativas.

    ResponderEliminar
  24. Confesso que não tenho o minimo interesse em contratar tais serviços e sim, de que contratem os meus. Sempre tive essa fantasia... ser puta por um dia, fazer strip para vários homens... Quem sabe um dia eu não consigo realizar?

    O senhor disse que havia gostado do blog e que voltaria por lá... estamos sentindo sua falta.

    haha
    Beijos

    ResponderEliminar
  25. Olá Jota!

    .....oooO.............
    ....(....)....Oooo....
    .....)../. ...(....)..
    .....(_/.......)../...
    .............. (_/....
    ... PASSEI POR .......
    .......... AQUI ......
    ......................

    ► pra desejar bom f-d-s

    kkkkk lembra disso? acho tão lindo! é seu!
    Beijoosss :)

    ResponderEliminar
  26. Passei aqui para desejar-te um ótimo fim d semana.
    iluminada por Deus.
    bjs

    ResponderEliminar
  27. Que putaria aqui, hein Jota?

    E se você em vez de querer cobrar de mulher, pagasse o que deve?

    ResponderEliminar
  28. Não vejo nada demais alguém pagar para ter sexo. Cada um faz o que deseja.
    Valeu pela visita.
    Bom final de semana.

    ResponderEliminar
  29. acho que mesmo não sendo uma noite das melhores a sensação de tentar satisfazer pode parecer a melhor ou ser bem decepcionante pra menina

    ResponderEliminar
  30. ººº
    ► ANÓNIMO(A):

    Tenta perder tempo com coisas mais dignas do que estupidificar os outros através da tua amestrada ignorância.

    Eu, ainda que analfabeto...

    ... sempre fui apologista da liberdade de expressão. Mas... nunca... como anónimo(a), nunca serei defensor da liberdade de expressões de imbecilidade!!

    Mas eis que chega...um(a) anónimo(a), como ensaio pedagógico de como NÃO devemos nos portar nos blogues, seja lá em qual esfera for...

    A diferença entre os corajosos e os cobardes é esta: os primeiros reconhecem o perigo e não sentem medo, os segundos sentem medo sem reconhecer o perigo, daí o teu comentário sem nexo algum.

    Não sei se és homem ou mulher. É próprio dos cobardes camuflarem-se no anonimato!!

    JOTA ENE

    ResponderEliminar
  31. Infelizmente já estou velho para essa profissão...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  32. Jotinha contino a ter o pc bloquedado cada vez que entro no Pés :(( Só consigo ler através do google reader! Respondendo ao post que fizeste: tenho bastantes sapatinhos, não sei se os italianos serão os melhores, tenho algumas marcas de que gosto muito ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  33. Demorei, mas cheguei....rs

    Bom, sinceramente, acho uma lástima pagar por sexo, desde q seja uma necessidade - seja ela qual for!
    Porém, confesso q já pensei em assim fazer por pura fantasia. E mais.... pagar não apenas por UM profissional, mas por UMA tbém....rs
    Afinal, o trabalho seria pra DOIS e não apenas pra mim!

    E, agora (como de costume! rs), devolvo a pergunta: satisfeito? rs

    beijitos

    ResponderEliminar
  34. Há pessoas que são cobardes, sim! E quando tal, escrevem como anónimos. Acredito que a pessoa que o fez, deve ser um magnata cristão que mostra a sua "pureza" de palavras criticando os outros, mas sabe-se lá o que faz.
    Quem não gosta do que lê que passe à frente. Nem páre.
    E comentando o teu post, a verdade é que não paguei, não pago,não faz parte dos meus planos, mas como alguém disse num dos comentários, não digo "nunca".
    :)

    ResponderEliminar
  35. Nunca paguei, mas não me choca que uma mulher pague para ter. Afinal desde sempre o homem pagou, e nunca foi muito censurado por isso, porque deveria sê-lo a mulher?

    enxofre

    ResponderEliminar
  36. Bem... se quiserem SÓ sexo, puro e duro, e de qualidade... why not?

    Não concordo, não gosto, mas não julgo. :P

    ResponderEliminar
  37. Obrigado pela visita.Boa semana.
    Manuela

    ResponderEliminar
  38. ota,

    Grande ideia que me deu.

    Acho mesmo que vou recorrer a esses serviços, assim sem compromissos, sem sentimentos, somente puro prazer.


    Beijo

    PS: Tem agum contacto? [2]


    ps:² adorei o video das meninas aqui do lado sahsausahuas

    ResponderEliminar
  39. Olá,
    Interessante seu texto. Nunca pensei e pagar para ter sexo, mas quem sabe um dia?rs
    Deve ser, no mínimo, interessante.
    Vou seguindo.
    Beijos, beijos!

    ResponderEliminar
  40. Não acho que ser puta é algo facil, não é um dinheiro facil, é rápido mais a uma linha tênue que diferem esses dois fatores. Um bom livro sobre o assunto é "contos de Bordel" indico

    ResponderEliminar
  41. Jota,

    Nunca paguei para ter sexo e acho que nunca teria coragem. rsrsrs

    Hummm, mas confesso que seria muito excitante! rsrsrs

    Grande beijo,
    Gi.

    ResponderEliminar
  42. Olá!


    Eu nunca tive vontade de experimentar o sexo pago e suponho que não irei ter.
    Até mesmo em festas de despedida de solteira das minhas amigas,evito quando é o clube das mulheres.Jamais daria meu suado dinheiro para um 'moçoilo rebolador'.Dou risadas daquelas fantasias.

    Prefiro a arte da conquista.

    Bjs!

    Carol Sakurá

    ResponderEliminar
  43. Já comecei a ler o artigo da Sábado sobre o assunto. Eu nunca recorri a esses serviços, curiosidade não me falta mas para o meu ordenado ainda não dá hehe quando chegar a directora talvez.

    ResponderEliminar
  44. Jota,
    Pelo que vejo ninguém nunca fez nada disto. Mas também é verdade que todas se identificaram, daí a resposta estar (talvez) condicionada.
    Será que isto de que falas não existe?
    Será que é pura imaginação nossa?
    Não creio...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  45. Uma esposa portuguesa18 agosto, 2014 02:49

    Já utilizei os serviços de um acompanhante, embora sem grande necessidade, pois sou casada e o meu marido é muito bom na cama. Contudo após alguns anos de casamento, com um relacionamento sexual sempre com o mesmo homem, comecei a imaginar como seria ter uma experiencia extra conjugal, pois sómente conhecia ainda o pénis do meu marido. Gostaria até que essa experiencia fosse consentida e até mesmo com êle a assistir, pois assim iria sentir-me apoiada, mas tal como o conheço, tinha a certeza que não aceitava ver-me com outro homem. Não é para todos os maridos verem as suas esposas ser penetradas por um estranho, mas o que deverá ser também excitante para elas. Apesar de notar, com bastante frequencia, que sou cobiçada por muitos homens, deforma alguma aceitava um envolvimento sexual com qualquer deles, pois poderia dar origem a posteriores chantagens para continuar esse envolvimento e o meu marido tomar disso conhecimento. Por essa razão preferi um acompanhante masculino, muito mais discreto. Uma vez que tinha também a fantazia de praticar sexo com um homem de cor, procurei alguém de origem africana.Tudo foi tratado com o maior sigilio. No dia combinado estive ainda para desistir, pois o nervosismo era enorme. Nunca tinha estado nua na frente de outro homem, nem tinha visto outro homem completamente nu, mas a excitação era tão grande que segui em frente com o plano elaborado. Por indicação do acompanhante marquei para um motel na linha de sintra, de cuja garagem seguia-mos directamente para a zona dos quartos sem passar pele recepção. O pagamento foi através de transferencia bancaria, sendo informada logo do nº do respectivo quarto. Antes de conhecer o acompanhante ainda reciei ser algum bruto, alguém mal educado e pouco hegiénico, mas verifiquei depois que era um autentico cavalheiro. Fomos ambos no meu carro e como cavalheiro que era, não me tocou durante a viagem, apenas conversamos como 2 amigos. Após estacionar o carro na garagem, onde já se encontravam outros carros que certamente haviam conduzido casais para o mesmo fim. Evidentemente que os horários estavam planeados de forma a nunca ninguém se encontrar na garagem. Subimos ao quarto, onde cada um de nós tomou o seu banho individualmente e só depois,com ambos envoltos em roupões do motel, o africano se aproximou mais de mim e delicadamente perguntou se podia beijar-me na boca, ao que eu, embora exitasse em respoder, acabei por dizer que sim . Nunca tinha também sentido uns lábios tão carnudos nos meus e uma lingua tão ponteaguda procurando a minha, o que me excitou para continuar aquilo para que estavamos naquele quarto. Não tinha coragem de me despir mas, não opus qualquer resistência quando êle começou a despojar-me da roupa enquanto me deitava na cama e de se despia também. Fechei os olhos, não queria acreditar no que estava acontecendo. Quando os abri estava completamente nua e êle também. O pénis era lindo, negro, com as veias salientes, duvidei se iria aguentar e se existiam perservativos com aquelas dimenções, eu ia prevenida mas eram pequenos, por sorte êle tinha os da sua medida, pois caso contrário teria de ser mesmo sem perservativos. Eu até gostava de sentir carne com carne se não receasse qualquer doença. Antes daquele pausão me penetrar foram ainda os espesso lábios e a ponteaguda lingua que abriram caminho entre as minhas pernas, lambendo e chupando todo o goso que já escorria, fazendo-me gemer de goso com o primeiro orgasmo. A maior dificuldade foi aquele grossura entrar em mim, inicialmente sofri algumas dores, mas depois foi maravilhoso, com as fortes estucadas que me dava os orgasmos eram cada vez mais intensos. Sempre que a cabeça do pénis batia no utero, sentia dor, mas ao mesmo tempo prazer. Era um verdadeiro profissional para dar prazer a uma mulher, nunca esperei gosar tanto numa relação sexual. sentia-me intimamente preenchida com tão grosso instrumento dentro de mim. Estava bastante cansada mas feliz com a experiencia, noentanto não tenciono repetir, excepto se em algum momento tiver uma grande necessidade de sexo.

    ResponderEliminar

█████████████████████████████████

彡 LICENCIATURA DO JOTA EM SEXOLOGIA ...

► na HISTÓRIA DA ‘QUECA’ PORTUGUESA
► no FELÁCIO DOS AUSTRALOPITHECUS
► na PATOLOGIA DA ÁREA DO PONTO G
► no CUNNILINGUS CONTEMPORÂNEO
► no PRAGMATISMO DA ‘CANZANA’
► e na MORFOLOGIA DO PÉNIS

█████████████████████████████████